Não me canso de ouvir Bach; não me canso de ver esses dois gênios tocando juntos. O contraste entre eles é incrível — Menuhin, tão bonito e romântico, e Oistrakh, que na rua poderia ser confundido com qualquer burocrata soviético, tocando como se fazer música digna de anjos fosse a coisa mais simples do mundo, com um arco que era uma lenda no tempo em que eu tocava violino. 

Anúncios

4 respostas em “

  1. Pingback: Substantivo Plural

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s