Um hackaton na Câmara, imaginem!

Não me lembro quando foi a última vez que falei bem da Câmara de Deputados, se é que algum dia falei. Como a maioria dos brasileiros, sou uma cidadã em constante sobressalto pelo noticiário que nos chega do Congresso Nacional. Traumatizei. Mas não é que acabo de receber uma notícia simpática vinda de lá? Quem diria!

É o seguinte: a partir da próxima terça-feira, e até sexta da semana que vem, a casa abre para uma turma de 50 programadores e desenvolvedores, que participarão da Primeira Maratona Hacker da Câmara dos Deputados, o Hackathon 2013. A ideia é que, durante esses quatro dias, eles se familiarizem com o que está acontecendo por lá, e que desenvolvam soluções web para, diz o release da Câmara, “ampliar a transparência na divulgação de informações públicas da Casa por meio de tecnologias digitais”.

O Hackaton 2013 é também um concurso de aplicativos, que vai distribuir três prêmios de R$ 5 mil aos melhores projetos, e seu objetivo, novamente de acordo com o release, é “mobilizar a sociedade para a busca de melhorias do processo legislativo e do trabalho dos parlamentares”.

Gostei muito dessa iniciativa! Acho que se há uma forma eficiente de comunicação entre os parlamentares e os eleitores, ela passa hoje pela internet. Pelo menos, do ponto de vista dos eleitores; os parlamentares, pelas últimas demonstrações que têm dado, pouco estão se lixando para quem os conduziu aos seus cargos privilegiados. Mas isso é outra história — e reflexo condicionado de brasileira que, mal ouve qualquer referência ao Congresso, já sobe no caixote para manifestar a sua indignação.

O fato é que os 50 participantes do Hackaton vão ter uma boa chance de conhecer o funcionamento da Câmara. Vão participar de debates sobre o processo legislativo, e vão bater papo, informalmente, com o presidente Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e com os deputados Paulo Pimenta (PT-RS), integrante da Comissão Avaliadora do concurso, e Alessandro Molon (PT-RJ), relator da proposta que cria o marco civil da internet. Na pauta, temas como software livre e mandato aberto.

Nos quatro dias da maratona, eles terão à sua disposição um ambiente especialmente preparado, e utilizarão informações legislativas e parlamentares já disponíveis como dados abertos no portal da Câmara. Daniela Silva, do movimento Transparência Hacker, será a moderadora do concurso e vai acompanhar a evolução dos projetos em desenvolvimento pelos participantes.

Tomara que a turma não nos desaponte e se saia com bons projetos; e tomara também que esses novos aplicativos sejam de fato implementados.

Estou torcendo.

o O o

Ao ver o meu entusiasmo com o Lumia 1020, um amigo me perguntou o que eu mudaria nele, se uma fada madrinha digital me oferecesse três desejos de smartphone. Não precisei pensar muito. O primeiro seria uma câmera mais rápida. O segundo seria uma bateria de vida mais longa. Não que a bateria do 1020 seja ruim; ela é comparável à de qualquer smartphone poderoso, ou seja, chega meio sem fôlego ao fim do dia. Mas é que, com a câmera que ele tem, é muito difícil resistir à tentação de passar o tempo clicando e editando fotos. O terceiro pedido seria um sistema de notificações igual ao do Android, a meu ver imbatível. De resto, estou cada vez mais convencida de que o meu sistema operacional móvel favorito é mesmo o Windows Phone, elegante, rápido, bem pensado. A falta de aplicativos, constantemente apontada como seu defeito mais grave, vai se resolvendo. O Instagram chega logo, mas nem vou baixar: estou muito contente com o 6Tag, um cliente muito mais prático e bonito do que o IG original.

(O Globo, Economia, 26.10.2013)

Anúncios

2 respostas em “Um hackaton na Câmara, imaginem!

  1. confesso um instante de medo preconceituoso: um frio percorreu minha espinha com essa notícia da aproximação entre Deputados e hackers. não pelo encontro dos bons, mas pela possibilidade de encontro dos maus (em que não creio, mas há). espero que o ambiente seja suficientemente bem arejado e iluminado para que rosas, não bolores, proliferem.

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s