Animação com papel recortado

O filme de Michel Ocelot é uma pequena obra-prima. Vejam:

Anúncios

11 respostas em “Animação com papel recortado

  1. Matilda é impossível! De circo!
    ++++++
    Os leitores foram tão generosos passando dicas e links, que fizeram a minha alegria, que quero agradecer…
    Gasshô __/\__ Norma

  2. Já sou fã dele há muito tempo,ficava vendo com o meu neto “Kirikou”,”Azur et Asmar”que ele via e revia sem parar,já a minha neta tem um dele que é o preferido dela “La Princesse insensible” (um curta,com um final inusitado),mas,Cora em se tratando de desenhos com a técnica de papel cortado,para mim,a Lotte Reiniger é demais ! São desenhos antiguinhos mas fantásticos também ! A começar por ela,que era uma senhora extremamente habilidosa com a tesoura,vale a pena ver esse doc …

  3. Lindo, Cora.
    Não sei porque o “serumano” sempre procura destruir o que não consegue entender…
    Não sei se viu, mandei um link pra vc. São animações em quadros do Van Gogh. Achei belíssimo.

  4. Ai…Cora, é tão bom qdo se encontra quem pensa semelhante. Há mais de 2 anos, que repasso essa maravilha (e com uma ‘lição’ embutida, um ‘atenção, cuidado!’ atemporal). Abaixo uma tradução/sinopse 1/2 boca.
    Hoje, eu aprecio você um tantinho a mais. por sua sensibilidade e bom gosto, etc…etc.. 🙂

    A história e mais ou menos assim:

    Os três inventores

    Era uma vez um grande inventor, uma grande inventora e uma pequena inventora.

    Eles viviam todos juntos em uma casa grande que haviam construído, eles mesmos e pouco a pouco a tinham ampliado e melhorado. Assim, passavam o dia inteiro: inventando, trabalhando em seus sonhos e os dos outros, que são os mesmos.

    Mas as pessoas não entendiam as suas criações. E alguma autoridade disse que os inventores perturbavam a ordem pública.

    Outra autoridade declarou que os inventores estavam trabalhando contra o povo.

    E uma outra também garantiu que os inventores por se divertirem transgrediam a “lei do Senhor (Deus)”

    Um dia, o grande inventor, a grande inventora e a pequena inventora decidiram mostrar aos aldeões uma nova criação que permitiu mover-se sem ficar cansado.

    Porém, um homem os deteve com uma ordem de que se não parassem de criar coisas inúteis seriam levados a um hospício.

    “Devem desaparecer”!, “São criminosos”, “Devem ser mortos!”

    A ordem pública será restaurada a qualquer custo.

    Faça-se a vontade de Deus!

    As pessoas sempre decidem.

    __/\__ Gasshô, Norma

  5. é impressionante. e me dá uma certa agonia, uma sensação de inferioridade… algumas coisas maravilhosas que vejo, penso que, quem sabe?, se tivesse tempo e me dedicasse, eu poderia até fazer parecido. mas uma coisa dessas aí, eu tenho absoluta certeza de que eu nunca seria capaz.

    []’s

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s