Sem comentários

Pessoas queridas

A aventura coletiva do internetc. foi boa enquanto durou. Boa não: ótima! Vocês foram, ao longo dos anos, o grupo mais simpático, gentil e divertido de leitores/colaboradores. O blog não teria sido o mesmo sem vocês, e agradeço de coração a participação de cada um. Não vou citar nomes, porque certamente me esqueceria de alguém, mas me orgulho muito quando penso na qualidade dos bate-papos do internetc. e nos blogs que nasceram inspirados pela troca de ideias ocorrida aqui.

Eu diria que o internetc. cumpriu com louvor a sua missão de blogtequim.

Mas os tempos mudam e a internet, mais do que qualquer outra coisa, muda com eles. Hoje o ponto de encontro mudou de lugar e está na mídia social: no meu caso noTwitter e, sobretudo, no Facebook.

É neste último que tenho escrito o que, antes, escrevia aqui: pensamentos soltos, perguntas, observações sobre o cotidiano. É lá também que tenho postado filmes, fotos, piadinhas.

Infelizmente não tenho tempo para administrar ao mesmo tempo tantas presenças na rede. Sou uma só e os gatos, por mais que eu prometa atum, melão e outros petiscos, se recusam a colaborar. A solução foi diminuir a carga, e sobrou para o internetc. Pela lógica, era dele que eu deveria cuidar com mais atenção, já que é única e exclusivamente meu, mas a única remuneração que obtenho na rede é a interação com os leitores, e sob este aspecto o pobrezinho perde de goleada para o Twitter e para o Facebook. Faz tempo que eu já não dava à caixa de comentários a devida atenção..

A partir de segunda-feira, o internetc. servirá como repositório dos meus textos. Vocês poderão continuar a ler aqui as colunas do Globo e um ou outro texto avulso, mas a caixa de comentários será fechada.

Minha página no Facebook fica em www.facebook.com/cronai; vocês vão ver que nem é muito diferente daqui. Lá há ótimos bate-papos, e uma quantidade incrível de gente legal.

Mais uma vez, muito, muito obrigada pelo carinho com que vocês trataram este blog e a vossa blogueira.

Anúncios

103 respostas em “Sem comentários

  1. Olá Cora,ufa ainda bem …te acompanho a muito tempo e sempre me encanto
    com suas ideias e opiniões e principalmente sua intensa humanidade,inteligência
    e generosidade em compartilhar com todos nos suas coisas e gatos,bem vinda de volta!

  2. Cora, ñ me lembro de ter escrito nenhum comentário, mas adoro passar por aqui, ler seus posts e ver fotos da Famiglia Gatto. Fui criada na Joana Angélica e moradora da Lagoa por décadas, mas voluntariamente exilei-me em S. Pedro da Aldeia c/ meus 5 gatos e 2 cachorros há 4 anos. Seu blog é o traço de união q ainda me liga à Lagoa, além de me permitir conviver, ainda que virtualmente, c/ pessoas inteligentes como vc e seus seguidores. Abraços e faça uma cosquinha atrás das orelhas da Famiglia por mim.

  3. ‘Ronai por nós’ funcionou!
    Agradeço pela graça concedida, anjo protetor das causas blogais.

    E assim, 90 comentários!

  4. Ainda bem que vc repensou. Obrigada. Estou engrossando os comentários para que vc perceba que – apesar do fb – ainda somos muitos… e bons. E que precisamos desse cantinho virtual, mas tão humano. Leio suas crônicas desde minha adolescência. Por vezes, me pego comentando “A Cora isso, a Cora aquilo…”. Acho vc, suas atitudes e suas idéias admiráveis… Ainda que não concorde com tudo. Faz pensar. Além de tudo, o povo daqui é ímpar. Vida longa ao blogtequim.

  5. segunda?
    é segunda, né?
    alouuuu?
    tem alguem aí?
    …………………………
    O meu amor sozinho é assim como um jardim sem flor
    Só queria poder ir dizer a ela como é triste se sentir saudade
    É que eu gosto tanto dela que é capaz dela gostar de mim
    E acontece que eu estou mais longe dela
    Que da estrela a reluzir na tarde
    Estrela, eu lhe diria, desce à terra, o amor existe
    E a poesia só espera ver
    Nascer a primavera
    Para nunca mais morrer
    Não há amor sozinho
    É juntinho que ele fica bom
    ……………………………….
    É um encanto que não tem mais fim
    ………………………………
    é segunda, só vim fazer uma mesa branca, um quarup, uma missa de setimo, um shivá, algo assim, porque tá doendo e minha tela irá vagar rapidamente por notícias, e eu saberei do mundo, de mundos distantes e nada, nunca mais nada dos meus afetuosos, por vezes tortuosos, comentaristas, foi foi um cataclismo, parceira (diz ela na fila do caixa), levou todo mundo, virei errante navegante, o tal do facebook (odeio ainda mais agora, levou a Cora) levou meu cais…
    se assunte, criatura, aqui é um cais, a gente aporta, despeja sonhos, tristezas, pede ajuda, conta novidades, se queixa, e tal e coisa e depois parte e nunca esquece de mandar notícias, a maior parte aqui ainda manda telegramas, , outros cartas perfumadas, outros mensagens de texto, enfim, sempre sabemos por onde andam nas tardes vazias, claras e sem fim…
    como disse Caetano, tudo dói, tudo dói….

  6. levei um susto quando li, mas depois me acostumei (mentira detectada) com a idéia. me sinto mais ou menos como no fechamento de um cinema de rua, e sei que vou ter que ir num desses cinemarks da vida. mas foi bom enquanto durou.
    []’s

  7. Não frequento esse tal de “Feice”. Acho-o uma tremenda bobagem e sem foco, bagunçado mesmo. Fechei minha conta. É uma pena. Isso aqui parecia um mundo mais organizado, um lugar para colocarmos spins no cérebro. Estou triste.

    • Eu também ,rede para mim é aquela que se usa para pescar…
      gosto de ser um peixe livre no oceano da vida.

  8. Tenho entrado na sua página no FB e vi que algo estava ocorrendo. Até julguei que fosse isso mesmo. Infelizmente, não errei. “copiei e colei” as histórias das vaquinhas e dos patinhos – chorei feito doida. O FB é uma casa aberta onde entra quem quer (desde que você queira, claro), escreve o que quer e sai de fininho. Em junho último, fez oito anos que eu frequentava esta página. Agora, vamos para o sintetismo social. Vou acompanhá-la para saber das novidades, ver os Tatuís e todos os nossos amigos da Famiglia. (Falando nisso, Cora, faz um tempinho que não vejo a Pipoca porteira – ela está bem?). Boa sorte, fique bem e lembre-se que continuamos nossa torcida por você. Abraços a você e a todos os frequentadores.

  9. Pois é… zero hora e três minutos e eu passei, apenas para comentar que, ao que parece Saint Exupery não tinha razão, ou então ninguém mais é responsável pelos que cativa… a menos que este alguém seja uma miss Brasil década de 50.

    Ainda está em tempo de deixar o afeto falar mais alto, amiga.
    E reconsiderar…

    Com dor no coração, não apague…

  10. daquiapouco, o “Sem Comentários” vira “Cem Comentários”
    😉

    Este blog, apesar do epíteto de blogtequim, era um sofisticado Salão, onde pessoas interessantes se encontravam e tudo se discutia, com saborosa elegância

    O FB, pelo que observo cá de fora, mais me parece uma daquelas reuniões-de-assembléia, com o moderador e algumas pessoas no palco e um auditório lotado, a maioria apenas gesticulando ‘Curti/Não Curti’, outros grunhindo frases curtas, banais

    Ou seja, está mais para ‘programa de auditório’, que tertúlia :p

    x-x-x-x-x-x-x-x-x

    Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
    Muda-se o ser, muda-se a confiança:
    Todo o mundo é composto de mudança,
    Tomando sempre novas qualidades.

    Continuamente vemos novidades,
    Diferentes em tudo da esperança:
    Do mal ficam as mágoas na lembrança,
    E do bem (se algum houve) as saudades.

    O tempo cobre o chão de verde manto,
    Que já coberto foi de neve fria,
    E em mim converte em choro o doce canto.

    E afora este mudar-se cada dia,
    Outra mudança faz de mor espanto,
    Que não se muda já como soía.

    Luís de Camões
    1524-1580

  11. Já estamos experts em protestos. E nesse a gente já chega chorando. Nao vai nem precisar de bomba de efeito moral, gas lacrimogênio, bala de borracha, nada disso.

  12. Muito triste,não concordo mas aceito, continuarei a ler a coluna as quintas no Globo e espero que de vez em quando coloque fotos dos bichanos , já que não tenho facebook.
    Talvez faça um para continuar a ter a sua companhia.
    Um abraço,
    Cristina

  13. O quê? Ai… que tristeza, Cora. Fiquei sem chão agora. Ô dó =0( ToT ;…{
    Que será da gente? Buááááááááá

  14. Embora entenda perfeitamente os motivos que levam o Blogtequim a baixar as portas, não posso deixar de lamentar.
    Nestas mesas conheci virtualmente muita gente que, de outra forma, jamais teria a oportunidade de conhecer. Algumas passaram a fazer parte da minha vida quando se transformaram em amizades reais.
    Faço parte da turma que não tem Facebook e meus motivos são os mesmos que culminaram com o fechamento do InternETC: falta de tempo para dar conta de tantos compromissos.
    Vou sentir falta de passar por aqui todos os dias, de mudar esta rotina agradável. Depois de uma certa idade, é difícil modificar alguns hábitos.
    Vou sentir falta da Famiglia Gatto, de acompanhar o crescimento dos Tatuís, de saber se os animais resgatados pelo Claudio conseguiram um lar definitivo, de ler as incríveis histórias da Matilda, das maluquices do Strix, do sarcasmo do the coach e de tantas outras pessoas interessantes, cada qual ao seu modo. Vou sentir falta de muitas coisas legais que aconteceram, de aprender o tanto que aprendi nesta convivência de muitos anos.
    Enfim, bola pra frente…
    Deixo aqui meu imenso agradecimento a todos os frequentadores e comentaristas que ao longo da existência do IntenETC participaram do meu dia a dia.
    Um especial muito obrigada a você, por disponibilizar este espaço por tanto tempo. Como disse no início: embora entenda perfeitamente os motivos que levam o Blogtequim a baixar as portas, não posso deixar de lamentar.
    Recebam todos um beijo carinhoso e meu desejo de muita saúde e paz.

    • Viu só aqui é onde estão os peixes que não estão presos a uma rede,ainda mais
      social!

  15. É muito estranha a sensação de escrever aqui pela última vez , Cora, ainda mais pra
    “comentar o fim dos comentários” … (e, pateticamente, me lembro do fatalismo latino
    da primeira frase da letra de “Besame Mucho” !…).

    Graças à sua generosidade –partilhando conosco sua vida e mantendo
    a porta da casa aberta–, foram anos de momentos ótimos, inesquecíveis ;
    “adotei seus gatos”, fiz do seu Blog minha segunda casa, e d@s amig@s daqui
    uma família.

    Difícil dizer o que estou sentindo, mas certa de que você e tod@s sabem e compactuam
    desse “feeling”…

    Importante é você saber que é MUITO querida, e que a gente está “por perto”, com a
    letra de “You´ve got a Friend” na ponta da língua.

    Um abraço longo e carinhoso em você e n@s amig@s comentaristas.

    Renata VN

  16. Perder Luiz Paulo Horta e o papo no internETC no mesmo dia, é muita tristeza. Tem um silêncio e umas saudades doendo muito.
    😦

  17. Que lástima! Teu Blog, Cora foi o primeiro e o que mais li ,de todos que tenho nos meus Favoritos.. Não tenho FB e nunca vou ter. Vou continuar a te ler nas páginas do jornal.
    Os comentários aqui, seguindo as crônicas. sempre foram um MUST para mim.
    Tudo tem um começo e um fim.
    Bjs e toda a minha admiração… va

  18. Não tenho FB e até então não pretendia, mas vou pensar em reconsiderar……rs Vc sempre foi uma querida e, importantíssimo, democrática em relação aos pontos de vista do leitores que aqui postaram. Sorte sempre, seja onde for. bjks

  19. Puxa… aqui é muito mais interessante pois o pessoal que comenta efetivamente leu, refletiu e respondeu o que o seu coração lhe diz como util, ou que possa contribuir para um debate de primeira ! No facebook é tudo rápido e os comentários são rápidos ! Tudo é para ontem ! Tudo é na base do “curtir “… Felicidades !

  20. Sem comentários, Cora! Estou muito triste, abalada com a notícia, apesar de entender seus motivos, é claro.
    Continuarei como sua fiel seguidora no FB que não gosto e cuja conta não fecho só para poder ler textos/comentários que valem a pena, como no seu caso.
    Decididamente, estou ficando velha…
    Obrigada pelo convívio aqui, no internETC. – com você e a turma maravilhosa que estava sempre por aqui.
    Já estou com saudades…
    Beijos

  21. Sem comentários, Cora! Estou muito triste, abalada com a notícia, apesar de entender seus motivos, é claro.
    Continuarei como sua fiel seguidora no FB que não gosto e cuja conta não fecho só para poder ler textos/comentários que valem a pena, como no seu caso.
    Decididamente, estou ficando velha…
    Obrigada pelo convívio aqui, no internETC. – com você e a turma maravilhosa que es
    Já estou com saudades…
    Beijos

  22. Corinha, “tks for all the fish!” Valeu!

    Imensamente grato pelo seu blog, seus deliciosos e incomparáveis textos, suas sensíveis fotos e, também — graças a você ser quem você É –, pelo excelente nível das pessoas aqui habituês neste generoso blogtequim, que você pôs à nossa disposição.

    No entanto, sou ‘anti-social’ e não tenho Facebook, Twitter, Orkut, MySpace, LinkedIn, Google+, ou similares, virtuais ou reais.

    See ya! Godspeed!

    • Puxa Cora! Faço minhas as palavras do Tom! Fiquei triste com sua decisão mas respeito. Tb sou anti-social e não possuo nenhum destas modernidades por ele citadas. Resta-nos, apenas, agradecer pelo tempo que este espaço durou… Boa sorte nesta nova fase! Bjs Cris-RJ

    • Tomzinho, que pena, nunca mais vou poder ler seus comentários intelgentes, e agora, morando no Recreio, vai ser difícil eu te encontrar pela Visconde Pirajá !
      Um grande abraço !

      • Nem eu te ler, nunca mais, nem ao Tom, nem a dentista, nem a que mora na Alemanha e é pastora, nem a que mora na montanha e tem bichos e plantas, nem a que tem peixes (e nem gosta muito de mim mas gostava de ler o que ela escrevia), nem a musa dos animais (dona… desses animais… pelas ruas onde andas…), nem o português da Arminda, nem nem mais um monte de gente, é como um cataclismo, uma tragédia fulminante, e, porque hoje é sábado, impossível fugir dessa dura realidade, e porque hoje é sábado e amanhã é domingo e fim, fim, só assim, fim?

        • Eu também já nao vinha tanto, nem täo compulsivamente ao blog, mas saber onde encontrar todo mundo era muito bom.
          ‘Bora pro Face então. Não quero me acostumar à saudade nem adquirir esquecimentos.

          • Gente, eu não acredito que não vou ler mais voces! Assim como o Tom e tantos outros, FB para mim é carta fora do baralho…
            Cora, estou arrasada com a notícia. De verdade.

  23. Ah Cora, que pena, apesar de antenada realmente nao me adaptei ao facebook, acho uma ccoletiva pra la de invasiva e intrusa, de certa forma a provacidade e quase zero, o que tem gerado cada vez maus personagens ficticios em tempo real.
    Mas boa viagem e continuarei te vendo-lendo por aqui. Obrigada pelos bobs textos. Adios!

    • Também compartilho com vc essa estranheza em relação ao facebook e
      outras redes,tenho o g+ mais não posto nada só uso o gmail quando preciso.
      Mas veja, gosto de tecnologia e ciências de um modo geral…

  24. Ah, que pena…mas entendi seus motivos. Quando conheci você através de O Globo, fiquei muito feliz em ter acesso aos outros textos nesse blog.Na época ainda era o cronai.com.

  25. Coisas da vida. Você também meio que eliminou o Instagram, e eu achei chato. Nos vemos no Facebook e no Twitter.

    Por ora: porque depois que eu soube, esta manhã, do falecimento do vizinho de cima e colega de hidro, seguido da manchete da morte do Luiz Paulo Horta, por pouco não fechei meu Facebook.
    Aquilo também é um sorvedouro de tempo existencial.

    Mas, vou deixar aberto, para ler seus posts e de outros, senão imposível entrar. Mas, pra interagir mesmo, ficam só Twitter e Instagram.
    Não dá pra dar mole pra vida não, Cora: ela passa mesmo. Depois, não adianta chorar.
    Bem-vinda aos 60.

  26. É. No meu caso, se for pra comentar, agora é só no blog de moda Hoje Vou Assim que é outro blog que eu acesso com frequencia.

  27. Bem, vou continuar lendo seus textos do O Globo por aqui. Já não escrevia comentários há tempos. Vou ter que acessar, vez por outra então, o que tenho relutado – facebook.

  28. Estou tão triste quanto à Matilda.
    Achava que pelo menos aqui vc leria meus comentários , já que no FB são trocentos …
    E quem sou eu para ser lida no meio de tanta gente .
    De qualquer maneira, obrigada por tudo.
    Um beijinho carinhoso…

  29. Tem razão Cora ! Eu mesma só vivo enfiada no face;e já tinha tempos que não aparecia por aqui justamente por causa DELE,o Facebook;que se alastrou,pulverizando muita coisa que ficou para trás … leio sempre os seus posts,mas não comento como fazia por aqui,devido ao grande número de pessoa por lá;e como sou naturalmente introspectiva,isso me intimida bastante de escrever alguma coisa … de qualquer maneira,foi uma decisão que fluiu com os novos tempos,e totalmente compreensível ! Um beijo grande para esse blog que curti muito enquanto durou !

  30. O fim do InternETC não é uma boa notícia. Em que pese reconhecer minha atual absência na caixa de comentários pelo menos com a constância de tempos aureos e até aceitando (de ânimo muito pouco leve, bem entendido), que a era é outra, que o FB leva esta e aquela vantagem, e que é no tweeter que está o ti-ti-ti em flashes, confesso que não gostei nem um pouquinho.

    O InternETC foi sempre uma referência para nós, blogueiros poetas e cronistas de ocasião, fotógrafos amadores, amantes de novidades tech e…de gatos, porque nào? Foi calcado no Blog da Cora Rónai que o meu “Mukandas” emergiu na sua primeira temporada no Blogspot, mais tarde por mim abatido sem compaixão em seu auge de leitores, durante uma das minhas mui íntimas crises existenciais! Depois a volta envolta em arrependimento, a mudança de endereço para o WordPress e a continuidade com muito menos assiduidade nas postagens, mas sempre sob forte influência do blogtequim. Sem o InternETC, seca uma das mais queridas fontes de inspiração e coragem para prosseguir.

    Nem tento esconder que não morro de amores pelo Facebook, onde vez ou outra publico uma foto ou links para algum post novo no Blog. Tenho Tweeter, mas confesso que nem sei direito usar. Sigo algumas personalidades da musica clássica e jornalistas (Cora incluída), mas ninguém me segue na medida em que nada há para seguir…

    Resta-me agradecer, Cora, por esses anos de convívio no InternETC!

  31. Não adianta, não me conformo, é como se tivesse falecido um amigo, estou de luto, na segunda fase, com raiva, droga de vida!!!

  32. Tinha, ou tenho um blog que usava como um fotoblog e estava animado com o poder do meu MotoQ com EVDO, onde postava fotos do dia a dia via Flickr. Mas com a chegada do Twitter e do Facebook a interação mudou de local e ja havia fechado os comentários do blog, e agora, está “fechado”

    Novos tempos…

  33. Desde que seus textos não deixem de aparecer aqui, fico menos triste. Respeito sua decisão e sentirei falta de alguns comentaristas, mas as pedras terão facebook antes de mim. Eu gosto mesmo é da Internet!

    Abraços do seu leitor desde os tempos do jornal nos anos 90!

  34. É uma pena. Se uma capivarinha de madeira pudesse falar, ela lhe diria que são muitos os leitores habituais do blog, das colunas e de tantos outros textos que, como eu, não frequentam Facebook. Ficaremos por aqui, esperando que você reconsidere.
    Pudesse uma capivarinha de madeira

  35. Não!!
    Outras das coisas perdidas ao fazer sessenta é a Cora, putamerda!
    Só aqui que venho e futuco e lhe vejo e já doze anos?
    E nunca te vi e sempre te amei.
    E facebook nunca, nunquinha, tenho quisila com facebook, é onde o pai dos meus filhos que eu sustento vai galinhar e isso me deixa fula e o facebook paga por isso,
    Vou morrer de saudades, muitas e muitas e muitas.
    Já ando deprimida e uma noticia dessas me arrasou…

  36. Sábia decisão em manter seu espaço ao menos como arquivo, porque não dá para confiar em espaços alheios tão controversos e absolutistas. Vamos nos comunicando nos meios que fluem, mesmo que transitórios. O que importa mesmo são os encontros de ideias, de amizade, de afeto. Nos vemos por aí. bjocas

  37. Gostava de receber todo dia o seu bom dia No meu e- mail. Mas agora te seguirei pelo Fb. Bjs. Adoro o que vc escreve. E parabéns Pelos 60. Não esquenta que a cada ano “redondo” pinta essa deprê. Fiz 50 agora mas o melhor é que a cabeça está boa e o corpinho dá pro gasto. Rsssss Bjs.

    Marlene

    Enviado via iPhone

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s