Tecnologia contra barulho

Uma saída do metrô de Ipanema vai ficar bem em frente à minha casa, na Lagoa. Isso significa que, há meses, convivo com ruído das britadeiras que furam incessantemente a pedra nos fundos do prédio, como parte do trabalho de contenção de encostas. É um barulho infernal, mas como detesto trabalhar de headphone, o jeito é me armar de paciência — e de comprimidos para dor de cabeça.

Em breve, porém, vítimas desse tipo de problema não precisão mais passar por isso. A empresa israelense Silentium desenvolveu um chip de controle ativo de ruído, que opõe ondas sonoras ao barulho, cancelando o inferno sonoro. Essa tecnologia está sendo aplicada a algo chamado “Quiet Bubble”, uma zona de silêncio a ser inicialmente usada em carros e aviões. Essas, no entanto, são apenas duas dentre as infintas possibilidades apresentadas por este nosso mundo cada vez mais ruidoso.

Yoel Naor, diretor de produtos da empresa, explica que o “Quiet bubble” pode ser instalado por fabricantes de equipamentos de aquecimento, ventilação e ar condicionado, eletrodomésticos, equipamentos médicos e por aí vai. Parece que a coisa funciona: apresentada durante a última CES, em Las Vegas, a invenção da Silentium ficou entre as melhores da feira, de acordo com a NBC News.

Taí um produto que eu gostaria de testar!

o O o

Agora é oficial: a Nokia deixará de fabricar e distribuir aparelhos Symbian neste verão (o nosso inverno). Muita melancolia pelos foruns! Embora o Symbian tenha ficado pelo caminho, vítima da associação entre a finlandesa e a Microsoft, deixou uma legião de usuários cheios de boas lembranças. A colunista que vos escreve é um deles. O Symbian era veloz, confiável e flexível, e funcionou como alma de muitos smartphones inesquecíveis.

Ele chegou ao auge do seu esplendor no Nokia N95, que considero o melhor smartphone de todos os tempos: um aparelho tão à frente da sua época que só nos próximos meses, com o lançamento do iOS 7, o iPhone o alcançará em certos quesitos — especialmente no multitasking.

Vaya con Dios, Symbian!

o O o

Atenção: se você tem iPhone ou iPad, algum trabalho urgente para entregar, está no meio de um projeto sério ou simplesmente tem muita coisa para fazer lá fora, pare de ler agora! A razão? Há um novo joguinho muito viciante na AppStore: chama-se Dots, foi lançado em princípios de maio, conquistou mais de três milhões de fãs e chegou a emplacar um digno segundo lugar na lista dos mais baixados gratuitos. O design é minimalista, seguindo a moda flat.

A ideia é simples: unir os pontos, mais ou menos como fazíamos naquele joguinho antigo de papel e lápis. Não há instruções, nem elas são necessárias. As peças vão sendo eliminadas à medida em que se juntam pontos da mesma cor em linha reta, mas essa tarefa aparentemente banal é dificultada pelo tempo — cada jogada dura exatos 60 segundos, com a possibilidade de uma única pausa de cinco segundos.

O único macete que descobri até agora para, digamos, “alavancar” os resultados, é formando quadrados. Quando isso acontece, todas as peças daquela cor são eliminadas — aumentando os pontos e a chance de se fazer mais quadrados. Como alegria de pobre dura pouco, porém, o cronômetro implacável põe fim, muito cedo, à orgia de quadradinhos turbinados.

(O Globo, Economia, 15.5.2013)

Anúncios

4 respostas em “Tecnologia contra barulho

  1. Cora,
    Onde eu poderia ter mais informações sobre o “Quiet Bubble”. Quando há barulho externo eu ligo a ventilação do ar condicionado que “quebra” o barulho. Mas o meu problema são os novos vizinhos de cima, que arrastam móveis, jogam objetos no chão, inclusive de madrugada,
    Obrigado pela atenção.
    Antonio

  2. ah, eu também gostaria de experimentar o produto que promete silêncio. não temos as britadeiras (toc! toc! toc!), mas o ruído do trânsito está cada vez pior. ao ponto de já não saber se é pior quando os carros andam ou quando se arrastam (e passam bem devagar diante de casa, com seus sistemas sonoros em volume ensurdecedor e um ruído que parece feito para derrubar as muralhas da China).

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s