WP8: um caso de amor

Nunca imaginei que, um dia, eu fosse ficar encantada com um produto Microsoft. Mas dou a mão à palmatória: desde que que comecei a andar com o Windows Phone 8, não faço outra coisa a não ser brincar com o meu smartphone. O WP8 é bonito, inteligente, cheio de bossa — e dá um enorme prazer de usar. Vivo arrumando e rearrumando os seus quadradinhos, fascinada pelas infinitas possibilidades de combinação. A questão não é apenas estética. Ao oferecer três tamanhos de live tiles, e ao permitir que eles possam ser dispostos ao gosto do freguês, o WP8 lança, ao usuário, o desafio de encontrar a combinação ideal.

Todos temos as nossas necessidades e preferências, e ajeitamos os nossos smartphones de acordo com elas. Até aí, nenhuma novidade. Mas ícones de tamanhos diferentes implicam num grau de hierarquia mais sofisticado do que o habitual. O que é mais importante, a lanterna ou a calculadora? O que deve ficar em evidência, o noticiário da CNN ou a timeline do Facebook?

Para mim, o aplicativo indispensável é uma agenda que mostre os compromissos do dia sem que se precise abri-la. Isso nunca existiu no iPhone, o que foi um retrocesso na minha vida celular: afinal, o bom e velho Symbian já fazia isso nos anos 90. O Android tem widgets, mas o Windows Phone, além de exibir a agenda de forma mais clara, faz exatamente o que eu sempre quis: ele mostra o que preciso fazer antes mesmo de ser destravado. A tela inicial, que é muito personalizável, permite a escolha das informações que desejamos ver em primeiro lugar.

O fato de estar usando o Windows Phone no aparelho mais bonito e poderoso que a Nokia fez nos últimos tempos ajuda um bocado, mas acredito que, mesmo que eu estivesse usando um entry level, estaria feliz com o sistema da Microsoft — que, entre outras coisas, oferece excelente integração com as redes sociais. No começo do ano passado, eu já tinha ficado muito bem impressionada com o Windows Phone 7, mas a falta de aplicativos era complicada; agora, exceção feita ao Instagram, não me falta mais nada.

Alguns dos apps que estão contribuindo para a minha satisfação com o WP8:

—   Evernote, o campeão das anotações e dos recortes de artigos na web, numa versão excelente;

— Battery Tile, indicador de carga, que faz várias coisas úteis além de informar quanto de bateria sobra. Ele é tão jeitoso que oferece diversos ícones vivos. O meu preferido muda de cor entre verde, amarelo, vermelho;

— Movie Showtime, programação dos cinemas. Super prático, vai ficar ideal no dia em que permitir a compra de ingressos;

— MeTweets, ótimo app para Twitter;

— Skyscanner, para descobrir vôos e seus respectivos preços pelo mundo afora, da popular Ponte Aérea a destinos como Cabul ou Pyongyang;

— Mini Recorder, gravador simples e elegante;

— TuneIn Radio, ideal para quem gosta de passear pelas rádios do planeta, perto e longe;

— Toda a constelação básica do humanóide conectado: Facebook, Netflix, Google, IMDB, Office, YouTube, WhatsApp, Skype, Kindle, Amazon, Pinterest, Angry Birds… Aliás, nos aparelhos Nokia há um ninho de passarinhos zangados, com todas as novidades sobre a turma.

A cereja do bolo, no entanto, são os aplicativos de imagem, que tiram partido da fantástica câmera do Lumia 920. Um deles, o Refocus, chama a atenção: com ele podemos fotografar antes e escolher o foco depois. Nunca vi nada parecido! Outro grande programa é o Cinemagrafia, da própria Nokia, que captura GIFs com a mais sutil das animações.

Em suma: quanto mais uso o Lumia 920 e o Windows Phone 8, mais gosto. Ele é hoje, sem favor, o meu sistema favorito para smartphones — a tal ponto, que nem sonho em voltar para o iOS ou para o Android. Quem diria…

(O Globo, Economia, 18.5.2013)

Anúncios

28 respostas em “WP8: um caso de amor

  1. Pingback: Vocês conhecem a Cora Rónai? | Carreira 360

  2. Minha esposa usa seu 3GS apenas para ler emails e jogar Angry Birds, mas cansou dele. Ela viu os preços do IP5 e se recusa a pagar o preço exorbitante. Sugeri um 4S, mas disse a ela que com o mesmo preço o Nexus 4 é superior. Aí assistindo à novela ele achou o telefone amarelo da Grazi lindo. Um 920, achou caro, mas acabo de ver que o 720 acaba de ser lançado com WP8, tela de 4.3″, na faixa dos 800 reais. Acho que este é o aparelho que ela precisa. No fundo estou louco para por as mãos e testar o WP8 e as lentes C. Zeiss.

  3. Estou querendo migrar para o windows phone 8, queria saber o que vc acha do lumia 520, se ele é um bom aparelho… pois o wp é fantástico e está me chamando a atenção, gostaria de uma opinião para não me arrepender depois…

  4. Ola Cora,ou alguem ai que tem o 920,estou numa duvida atroz,vou ganhar um,a escolher S4 ou LUMIA 920 quero saber,no s4 tem um tradutor que voce fala e ele traduz,,no LUMIA tem esta função ,mesmo que APP .

  5. estou amando tb…. pra mim oq tah faltando eh pouco mais de acessibilidade nos aplicativos.. $$
    mais fora isso… não me arrependo em nda do lumia 920…

  6. Pessoas , O WPH 8 e o melhor de todos os tempos , tenho o 920 ele e lindo perfeito e vamos ser realista , ele passa inveja em qualquer smartfone. amo meu lumia e nunca mais vou mudar

  7. Cora, concordo em cada palavra com você!
    Eu já usei o Android 4 vezes, e o meu primeiro Windows Phone que tive foi o Nokia Lumia 710 com o WP 7.5. Fiquei impressionado com o Hub de Pessoas, minhas redes sociais tudo num só lugar era pra mim uma revolução. Depois adquiri o Lumia 800, que é bom, mas resolvi me desfazer dele pra comprar o Nokia Lumia 520. O WP8 tá incrível! Os recursos da câmera Nokia são sensacionais, desde a época do bom e velho Symbian. Cinemagraph, Creative Studio, Movie Showtime são alguns dos meus aplicativos básicos por você citados. O Windows Phone ainda não tá 10, não pela falta do Instagram (que pra mim é só questão de tempo), mas pela de aplicativos e recursos voltados pra música. Em suma, não troco esse OS por Iphone nem Android por nada !
    Ah, uma ultima coisa, PAREE de falar do seu (incrível) Lumia 920, o meu 520 fica no chinelo se comparado a ele ! Rs
    Beijão

  8. Para quem está lendo aqui e usa android, tem o DashClock que permite colocar todo tipo de informação na tela de bloqueio. Assim você fica sabendo da sua agenda antes de destravar o celular…

  9. Oi Cora; Pra você que curte foto, experimente o PhotoBaeamer. Com ele você consegue ver sua fotos na web e fazer uma apresentação em tempo real. Já usei até para apresentar um slide ppt convertido para jpg. Bem legal. Abração

  10. Somente uma observacao: o app de radios deixou de grafar Tune In (tudo junto) acho que para evitar confusoes quanto ao nome. Ja vi muita gente boa chamando o aplicativo de “tuneln”, porque o I em caixa alta eh identico ao L em caixa baixa. O Tunein eh um programa fantastico para os amantes do bom e velho radio. Que, na minha opiniao, tomou um novo impulso com a Internet. Eu, por exemplo, costumo espetar o iPad, rodando as emissoras prediletas, nos diversos aparelhos de som espalhados pela casa. O unico problema eh saber por qual radio optar, entre as milhares ou milhoes de opcoes. Em geral fico com as de musica classica durante o dia e as de jazz aa noite. E durmo ouvindo “radio”, direto, baixinho, no altofalante do proprio tablet. Uma beleza!

  11. No IPhone existem dois aplicativos que buscam simular- segundo resenhas, sei pouco do assunto- a tal da câmera Lytro, que você explicou que tem relação com o Refocus. Mal, segundo estas mesmas resenhas. Mas, estas apps criam uma espécie de ‘animação’ mais pra ‘morph’ com os vários focos e não há como salvar as imagens componentes: a imagem completa fica hospedada num site. Chato.
    Se você salva a imagem com o foco que escolheu, no Refocus, não existe nada parecido no IPhone.
    Espero ter conseguido me expressar, desculpem a falta de termos técnicos: sou apenas uma usuária simples, que adoraria testar uma câmera Lytro… rs

  12. Ola, fico feliz que tenha gostado do Movie Showtime e citado ele em seu blog.
    Sou um dos desenvolvedores do aplicativo, e sinto-me feliz por ver as pessoas se interessando desta forma.
    A respeito dos ingressos, é possível clicar no horário, e será redirecionado para o site de compras. Estaremos trabalhando para melhorar este processo, bem como adicionar novas funcionalidades.
    Se tiver duvidas ou sugestões, estou a disposição para ouvir.
    Obrigado!

  13. Sei la… sei la… Melhor esperar pra ver no que vai dar. Ate hoje, so vejo dar merda nos produtos que tem o dedo da Microsoft. Bem recentemente, ela comprou o excelente Skype e fodeu com ele, pelo menos esta eh a minha percepcao. De qualquer forma, concorrencia eh sempre bom. Vamos ver como Apple, Samsung, Googe etc. reagem.

  14. Fico feliz em saber que a parceria Nokia/Microsoft está dando frutos. A Microsoft entrar na briga é muito bom, Cora. Quem sai ganhando é o consumidor com a concorrência.

    Surpreendente a constelação básica do humanoide conectado não incluir o excelente Viber, cada vez mais usado, pelo menos segundo a minha lista de contatos e já disponível para WP8. Tenho usado o Skype apenas quando preciso de videoconferencia, ou seja, quase nunca.

    Um produto dessa importância podiam ter batizado com um nome melhor que “Windows Phone” que é comprido e WP8 q é feio. Alô marketing, tá dormindo? Acorda aí!

    • Você gosta do Viber, né? Eu uso pouquíssimo. Vou baixar ele, aliás. “Windows Phone” é péssimo, traz toda a carga negativa do Windows, que não é pequena.

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s