Adeus, Lucas querido

Old Man Lucas

Anúncios

67 respostas em “Adeus, Lucas querido

  1. Cora querida,

    que triste notícia! depois da partida do saudoso Mosca o Lucas era o quadrupinho integrante da Familia Gato um querido meu, Cumpriu o seu ciclo de vida com muita dignidade, e agora vai juntar-se ao Mosca.
    Amei o seu texto. Muito poético e inspirado.
    Fique bem, Corinha!

  2. Resta o consolo de que ao menos ele foi um gato muito amado e feliz. E que vai continuando a ser feliz do lado de lá.

  3. Ô Meu Deus…só agora soube que seu gatucho foi para o céu dos gatuchos…a noite ficou mais escura, mas no pedacinho do céu regido por São Francisco , há uma nova estrelinha…que atende pelo nome de Lucas… 😦

  4. Dois dias sem vir aqui e, agora, deparo-me com este desfecho. Lamento muito por ambos – Lucas e Cora – pois penso conseguir imaginar o que lhe vai na alma.
    Perdi meu gato Manel em 2009. Doeu-me de mil maneiras: porque ele se foi e, o pior de tudo, porque tive de decidir-me pela eutanásia, que, embora defenda para mim, em caso de desesperança, sinto ser muito difícil tal decisão sobre a vida de outro ser. Ainda hoje me dá ganas de chorar.
    Se algum equilíbrio emocional encontro é pensar que pior do que vê-los partir será partirmos nós, deixando-os ao desamparo. Até me arrepio, quando penso no que seria da minha Jôse. Espero ser eu a ampará-la até ao fim, doa o que doer.
    Força, Cora, e um grande abraço solidário.

  5. Cora, eu não vou saber te consolar, não sou boa nisso.
    Mas esteja certa de que estou, com lágrimas nos olhos, me solidarizando profundamente com você.
    E um beijo pro Lucas, que pra mim sempre foi o mais lindo de todos.

  6. Eles são assim mesmo, entram nas nossas vidas, nos dão tanto amor, nós retribuímos e eles se vão. O amor, não. Abraço, Cora.

  7. Fiquei com os olhos cheios de lágrimas ao ler esta notícia, sei o quanto doí perder um amigo.Só o tempo para aplacar um pouco a dor.
    Fique com Deus,
    Um abraço,
    Cristina

  8. Quando vi esse post senti como algo me apunhalando,pois revivi toda a tristeza que passei há pouco tempo com a partida da minha idolatrada Maloca (nome dado pela minha neta),mas ela só tinha 5 anos ! Já o meu Lord que se foi pouco tempo depois,tinha 17 anos,e ele,assim como o Lucas,viveram todo o tempo que um gato tinha para ser vivido … e sempre pensei,porque eles não poderiam ter a longevidade de uma tartaruga por exemplo … assim,ao menos,seriam eles a nos ver partir (parece,e é,um certo egoísmo no quesito sofrimento)mas, a triste realidade é que eles vivem bem menos que nós,os humanos …
    minhas condolências Cora !

  9. Querida Cora
    receba um grande abraço!!
    o céu dos gatos ficou mais cheio e aqui dá um vazio na gente!!
    beijos
    altina romeiro

  10. Ô meu lindão dos olhos azuis, que São Chiquinho te receba de braços abertos e te faça muitos afagos, Luquinhas querido.
    Cora, a você toda a minha solidaridade e carinho.

  11. Que triste notícia! Sinto muito Cora Querida, que você fique bem, na medida do possível. :õ(

  12. Sinto, Cora, sinto muito.
    Lucas passou a fazer parte do meu dia e das minhas orações.
    Tenho certeza de que São Francisco está com ele no colo, até que
    compreenda que, agora, tem uma outra família, muito grande, formada
    por esses pequenos que amamos tanto.

  13. lá se vai mais um gatinho afofar as nuvens. e vai tranquilo, porque foi muito amado, bem cuidado e teve uma vida suficientemente longa para observar e aprender tudo o que podia por aqui. chegando lá, Lucas, mande um ronronado bem gostoso para todos aqueles a quem amamos e também já se foram.

    Cora, um beijo e todo o carinho que você muito merece.

  14. Querida Cora,
    Quando a minha linda siamêsa Bibi se foi, você carinhosamente enviou-me o email abaixo:
    Sinto muito pela Bibi, mas tenho certeza de que vocês foram muito felizes juntas.
    Sei bem o que você está sentindo; nos últimos tempos perdi velhos e insubstituíveis companheirinhos de estrada.
    A dor passa com o tempo, e a gente acaba ficando com as boas lembranças. Às vezes as cicatrizes dão umas fisgadas, mas a felicidade de conviver com nossos bichinhos supera, em muito, a tristeza de perde-los.
    Um beijo grande e um abraço carinhoso para você, Cora.

    DEVOLVO AS SUAS PALAVRAS NESTE MOMENTO DE DOR. UM ABRAÇO FRATERNO DE PAZ E BEM! Silvia – Gov. Valadares-MG

  15. Cora, sinto muito. Fiquei triste com esta notícia. Mas o que sempre digo, para mim também quando um amado peludo parte, é que sua partida é muito, mas muito triste mesmo, mas valeu a pena a sua companhia que sempre deixa boas lembranças. Sofremos muito com a separação, mas com o tempo as doces lembranças dos bons momentos acalentam o nosso coração.
    Querida Cora, aceite meu abraço amigo.

  16. Cora, sinta-se muito abraçada e beijada. A gente sofre demais com a partida deles. Tomamos conta desses lindos só na aparência – eles é que são nossos protetores. Jack e Willy mandam lembranças carinhosas e lambidas para toda a Famiglia Gatto.

  17. Nossa, estou triste….sempre adorei as postagens dos gatinhos, ja os conhecia bem, pois ha anos acompanho o blog. Era como se fossem meus sobrinhos distantes. Muito triste mesmo.

  18. Que triste… Mas ele foi um guerreiro !! Estará bem acompanhado no céu dos bichanos, com certeza !! 😉

  19. Oi, Cora!Nupinho(Snoopy) meu amado irmão peludo partiu em agosto do ano passado com 15 anos,1mês e 8 dias.Até hoje o peito aperta e a saudade só aumenta.Li em um Pet que “os animais vivem pouco porque já nascem prontos para amar, enquantos humanos …”( falei então para o rapaz : Acrescenta aí: Muitos humanos levam uma enorme vida e nada de amor aprendem.).É difícil!!! Os animais são criaturas fantásticas. Um grande abraço, Cátia.

  20. Querida Cora,
    seu Lucas deve estar recebendo lambidinhas de boas-vindas do nosso Cacau – de quem lhe falei, pois adoeceram mais ou menos na mesma época. Cacauzinho partiu na quinta, dia 25, depois de lutar contra a FELV. Estávamos à noite pensando se seria melhor internhá-lo, já que estava no máximo da faqueza, sem conseguir mais comer, tendo de ter a diabetes checada, mas praticamente sem sangue nas orelhinhas para o teste, mas a sensível veterinária que o acompanhava disse para o deixarmos em casa – que ele partiria, sim, mas era melhor partir no nosso aconchego. E assim foi: às duas da madrugada nos acordou para estarmos junto dele. Andréa o acarinhou, fiz uma prece, e nosso gatinho partiu. Dói, mas é também um alívio vê-los livres de dores, das limitações qua a doença traz. Meu carinho, me abraço, minha partilha da dor e esperança de que eles agora estão bem
    .

  21. Sinto tanto Cora! Há duas semanas perdi minha Jade e ainda choro quando lembro dela… Só quem ama os animais sabe a dor que é…

  22. Ai Cora que tristeza. Lucas virou mais uma estrelinha dessa enorme constelação dos nossos amados peludos.Eu sinto muito e imagino a sua tristeza. Talvez ele estivesse se dirigindo a uma velhice difícil e sofrida e pode ter sido abençoado partindo mais cedo. Sinta-se abraçada, querida.

  23. Oi querida, que pena! Pedimos a Deus por ele, torcemos a cada novo post e agora choramos com vc. Sabemos bem o que é isso. Receba nosso abraço carinhoso e a ronronada da galera daqui de casa (Bellinha, Princesa, Lilica Sapeca, Hanna e Lara). Nadja e Bruno Dalcin

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s