Sephora no Rio!

Sephora

O ano era 1995, e eu estava em Paris. Pouquíssima coisa ficava aberta na cidade à noite; a Avenue des Champs-Elysées era a Meca das corujas, com meia dúzia de lojas que acolhiam fregueses até mais tarde. Pois lá estava eu, no último dia de viagem, tentando desesperadamente descolar uns presentinhos para a turma de casa, quando vi a loja mais linda, mais irresistível do mundo.

Tinha um nome esquisito, que eu não sabia como se pronunciava — Séphora? Sephóra? Sephorá? — e nada mais nada menos do que 1.200 m2 lotados de perfumes, maquiagem, produtos de beleza. E, maravilha das maravilhas, ficava aberta até a meia-noite! Achei que tinha morrido e ido para o céu.

Descobri que aquela loja esplendorosa havia sido inaugurada no ano anterior, e que era a obra-prima de Dominique Mandonnaud, que desde 1970 tinha lojas menores onde punha em prática o conceito que tornou a Sephora campeã: muitos produtos, todos ao alcance das mãos, para que as clientes pudessem testar, cheirar, se divertir.

O resto, como a gente sabe, é história. Hoje a Sephora pertence ao mega conglomerado Louis Vuitton Moet Hennessy (LVMH), trabalha com marcas como Benefit, Nars, Kat Von D, Keratin Perfect, Make up for ever, Oscar Blandi, Ouidad, Sephora by O.P.I,  Sephora Collection e Stila, e tem cerca de 1.300 lojas espalhadas por 27 países.

Agora, para a felicidade geral das meninas que gostam de produtos de beleza, o Brasil está entre esses países. E, o que é melhor: o Rio ganha duas lojas essa semana, uma no Rio Sul, na quinta, e outra no Village Mall, na sexta. Bem em tempo de resolver muitos problemas da lista de presentes de Natal…

Para celebrar a chegada à cidade, vai rolar ação na praia: no domingo, dia 9, em Ipanema, a marca espalhará toalhas, cadeiras e guarda-sóis listrados de preto e branco pela areia, enquanto um grupo de patinadores distribuirá amostras na ciclovia.

As primeiras 300 pessoas com roupa de banho listrada com as cores da marca ganham um super kit no trailer da Sephora, no Posto 9. Vamos todas listradinhas de preto e branco? Sim ou com certeza?

Em tempo: sabem de onde vem o nome Sephora? É uma mistura de Sephos  (beleza, em grego) com o nome Zipporah, da linda mulher de Moisés no Livro do Êxodo.

Anúncios

42 respostas em “Sephora no Rio!

  1. Prefiro a lj de Paris, q descobri em 98 e chorei de emoçao! A do JK (SP) é meio vazia e dizem que as outras tb. Uns acusam as alfandega brasileira, suas greves, pedidos inusitados e de agilizar de forma suspeita. Tb achei q iria na do Rio Sul, shopping q ñ vou faz anos, mas já desisti. Chegar até aquela região é um tormento no transito local, mesmo estando no Leblon. As compras online só escuto reclamações via tuiter. Dizem que até os preços cobrados não são fiéis aos expostos, as atendentes nada ajudam e a fustração é geral. Minha mãe fez Indochina agora e trouxe Bobbi Brown de Dubai. Tb já estávamos de olho. Pena que aconteceram umas vendas esse final de ano e marcar incríveis foram compradas pela Lóreal. Em breve nas Americanas… Mas enqt existi minha base Shiseido, eu sobrevivo!

  2. Sempre achei que fosse Sephora por causa de uma das irmãs Sephora e Deborah, que aparecem na bíblia. Conheci duas irmãs com esses nomes, por isso sei que são nomes bíblicos.

  3. Alguém sabe a que horas vai rolar? dei a dica pra uma amiga que está no Posto 9 há uma hora e nem sinal do trailer…

  4. Conheci a Sephora de Paris(sempre achei que fosse Seforrá – não sabia que havia dúvidas quanto à pronuncia) três anos depois de você, em 98, na época da Copa do Mundo. Confesso que sou muito pouco mulherzinha. Acabei comprando apenas agrados para as amigas.

  5. quem te viu, quem te vê. sephóra pra cá, sephorá pra lá, e nem uma palavrinha sobre a chegada da amazon, tive que saber por outrem… ;¬)
    []’s

    • Perdão! Eu tuitei cedo ontem, e facebuquei um pouco mais tarde, mas foi coisa muito pouca pra ser post aqui. Aparecerá na reprodução da coluna de sábado, OK?

  6. Eu conheci a Sephora faz seculos quando morei la ou quando ia passar minhas ferias na Alemanha e circulava de trem pelos paise vizinhos. Sou tarada por uma perfumaria….. Hoje em dia meu joelho nao permite mais viagens para a Europa, mesmo em Executiva ou first. Como nao tenho nenhum interesse em conhcer a Florida, prefiro economizar a passagem de aviao para os EUA e comprar um monte de produtos na Sephora on line,. A proposito comprei varios presentes de natal na Sephora, via internet , e tudo funcionou as mil maravilhas…..

  7. Tenho muito mais maquiagem que bom senso. E tenho MUITO mais que uso. Por favor, não tente entender. A primeira vez que entrei na Sephora do Champs Élysées, juro, ouvi um coro de anjos. Segundos depois fui empurrada e pisoteada por uma horda enfurecida de turistas. Aquela ainda é a minha favorita, seguida pela de Las Vegas. A do Champs Élysées é a única que tem Mac e Bobbi Brown. Vocês conhecem a Bobbi Brown? Precisam.
    A Sephora trouxe para o Brasil marcas legais como Makeup Forever (os lápis de olho deles são maravilhosos e seguram muito bem mesmo no verão), Nars, Benefit, com preços de pedras preciosas raras. Quero conhecer a loja, tenho certeza que vou sair de lá com uma sacolinha. Agora, cobrar 177 reais numa base que custa 42 dólares é barra pesada (Makeup Forever HD).

    Será que no Brasil nós vamos ter o cartão que dá direito a descontos e acumular pontos para brindes?

  8. Essa loja é uma perdição para mim. Mas as grandes compras continuarei fazendo lá fora, pois os preços aqui no Brasil são extorsivos.

  9. Fui dar uma espiada no site da marca aqui no Brasil, o povo está irado, parece que não está funcionando, seria legal se vc pudesse ter maiores informações sobre o que está acontecendo com o site, eu não pretendo comprar nada por lá, não quero comprar problemas. abraços, vera

  10. Eu até iria pegar meu kit da Sephora, tenho roupa de banho listrada p&b mas… E as fotos? Vão documentar o evento, certamente.
    Deixo pras jovens. 😉

  11. Cora, estou adorando esta sua nova coluna “mulherzinha”. Era algo tao inusitado ha tempos atras que chega a ser engracado. Que droga,ainda nao descobri como se acentua neste tablet!! Bjs para vc. E para as “criancas”. (Principalmente para o Toro)

    • Continua sendo muito inusitado para mim! É muito esquisito fazer uma coisa tão diferente de tudo o que já fiz a essa altura, mas enquanto vocês e eu estivermos nos divertindo, vale, né? Beijos!

      • Esquisito ou inusitado nada!Toda mulher, acho que até as freiras, têm um pouco de vaidade, rs E isso é muito saudável, pq mulher que após uma certa idade corta os cabelos ao estilo”reco”,os deixa brancos feito a barba do Papai Noel, não usa nem uma cinta básica para disfarçar as gordurites, sai á rua vestida como quem vai fazer faxina e diz que se sente bem assim, merece apanhar (brincadeirinha).! Agora quanto à marca , Sephorrá, Sephóra, seja lá de que jeito for, acho o nome feio. Mesmo com a explicação do Tom, não achei…poético. Já “Clarins” e até o “Helena Rubistein”(nossa) têm lá o seu glamour,haha. Tô amando essas crônicas , Conte pra gente tudo sobre o tal lançamento da marca , please…

        • Vixi,vou apanhar, não pinto os cabelos nem a pau, demorou quase sessenta anos para ficarem com fios brancos, agora pinto? Nem pensar! E uma cinta com o fagacho comendo no centro? Sem cinta, calor, umidade e cinta dá brotoeja nas idosas, uma dieta saudavel, caminhada, pilates ou sei láq o que é menos doloroso.
          Agora se vestir desleixada concordo, como dizia minha avó: “Quem não se enfeita por si só se enjeita”, um vestidinho que acomode as pelancas com conforto, uma sandalinha usaflex, cabelos grisalhos cheirosos, bolsa enorme para caber água, remédios e o resto do kit-socorro-velhinhas, um sorriso no rosto, ôxi, testa o ibope para ver, arrasa sim !

          • Adorei, matilda, nao pinto meu cabelo de jeito nenhum, amo a liberdade dessa atitude, e o fato de que eu o acho bonito mesmo, cuido bem dele, e concordo muito com nao ser desleixada. Corinha sua coluna aqui eh otima bjos

          • Matilda, jamé que vc vai apanhar, rs, deixo não, pode deixar o cabelo branquinho, mandar a cinta pro espaço, liberdade realmente é tudo, como dizem os mineiros “cada quar com seu cada quar”,quem sou eu pra dar pitaco na vida de seja lá quem for, mas que eu acho cabelim branco, gordurites pulando da roupa um horror, desculpaí , mas acho…xi, daqui a pouco quem apanha sou eu, ai, ai…E Matilda, minha sogra sempre diz” que mulher tem que ser faceira”, olha que termo mais antigo, mas a senhorinha tem razão…bjs

      • Pois eu acho cabelo grisalho lindo, e cabelo pintado…. feio! Nunca fica natural, e aquelas raízes escuras, eu hein, não gosto mesmo. Roupa tem que ser comoda, sapato também. E comodidade não é antônimo de elegância, né?

        • Nem um pouco Laura.
          Estou no início dos cabelos brancos (graças a Deus pela genética do meu pai), mas não pretendo pinta-los. Primeiro porque amo o tom de castanho dos meus cabelos, e nenhuma tintura iria conseguir igualar. Segundo porque acho muito pior, como sintoma de desleixo, uma mulher com a raiz do cabelo aparecendo do que o cabelo grisalho. Quanto ao cuidado com a aparência, aí vai de cada uma, mas roupas e sapatos precisam ser confortáveis, estarem limpos e em ordem.
          Cabelos bem cortados, cuidados básicos com a pele (limpeza, uso de filtros solares, alguma maquiagem leve, etc), cuidados básicos com a saúde do corpo, e aqueles cuidados básicos de aparência que toda mulher tem: unhas feitas, perfuminho, hidratantes, etc, já garantem uma aparência bem cuidada.

    • Que bom que você me avisou disso! Vou na pré-estréia da loja logo mais e vou perguntar o que está acontecendo. Muito obrigada!!!

      • Cora, para você estar atualizada quando for perguntar, de uma olhada no site Same on you, blogueira! e também no Reclame aqui. O pessoal do Rio pode ter mais sorte que os paulistanos.
        bjs.

    • Realmente: tentei algumas vezes fazer compras no e-site da Sephora, que entope minha caixa postal de publicidade; cadastrei-me , mas na hora da confirmação da identidade, o site insistia que ou a senha , ou o e-mail (que eu tinha ACABADO de cadastrar) não casavam. Repeti a operação algumas vezes, mas não teve jeito. O site me parece muito mal administrado.

  12. O grande negócio desta loja é frequentá-la e comprar os perfumes ( e outras coisas para a esposa e filha ) baratinhos.
    Acho que por aqui não será tão baratinho……..

  13. o interessante (e hoje quase esquecido) é que a lindíssima Zipporah (na tradução grega da Bíblia, Σεπφώρα Sephora), esposa de Moisés, era uma Cushita/Kushita (uma linda negra Núbia = Sudão, Kush = Etiópia; até hoje região de lindíssimas sudanesas e etíopes)

    Como se conheceram é uma bela estória: Moisés tinha fugido do faraó, depois de ter matado um soldado egípcio que chicoteava um hebreu. Estava descansando à beira de um poço, quando as sete filhas de Jethro vieram com o rebanho. Outros pastores chegaram, enxotando as garotas. Moisés as defendeu e elas puderam usar o poço antes deles. Ao voltarem para casa, o pai perguntou “pq voltaram tão cedo?” E elas responderam que um egípcio as havia ajudado. “E pq não o convidaram para compartilhar o pão conosco?”. E assim, Moisés viveu com a família de Jethro até este lhe dar Zipporah como esposa, com quem teve dois filhos.

  14. É, Cora, a Sephora….
    Depois de sair da Jean Louis David com um corte de cabelo curto demais e um banho azul além da conta, receosa de estar com pinta de marciana, entrei nos Armazéns do Chiado para tentar remediar aquele desastre na filial dos mesmos cabeleireiros. Infelizmente não podemos fazer nada, comunicou-me a funcionária gentilmente, a senhora deve passar na filial onde foi feito o trabalho. Já era tarde e estava cansada. Saindo dali, decidida a lavar os cabelos umas 20 vezes para ver se recuperaria algo do branco original dos cabelos, dei de frente com uma loja da Sephora no mesmo andar. Entrei direto e perguntei à primeira vendedora: vocês têm algum produto para retirar esta cor horrível dos meus cabelos? Sinto-me como uma… Avatar, completou ela. Não gostou? Eu voltaria ao salão que lhe fez isso, continuou. Sequer tinha ânimo para dizer-lhe que já era tarde e não tinha mais forças quando ela completou naquela deliciosa pronúncia de alfacinha: sou muito reivindicadora, exigiria e se não quisessem fazer, chutaria a barraca. De boca aberta, não pude resistir: menina, você parece brasileira! Só falta dizer que devo rodar a baiana… É isso mesmo, respondeu com um sorriso maroto e extremamente simpático, adoro o Brasil, se pudesse mudaria para lá… E eu, pensando com os meus botões, se pudesse mudaria para cá e seria sua cliente cativa ainda que no momento não tivessem o que procurava. Em todo o caso, mesmo sem sofrer mais uma “operação química”, meus cabelos haviam quase retomado o tom original prata quando duas semanas mais tarde deixamos Lisboa para voltar para casa na Suíça, já com imensas saudades das terras lusitanas e levando aquela bela lembrança da Sephora.
    PS- Você me tentou com a Clarins. Skin Illusion é sem igual. Pena o preço! CHF 53.-!

    • Eu adoro Portugal e os portugueses! São melancólicos, mas muito simpáticos. E o serviço nas lojas costuma ser muito bom. Quanto à comida, é outro capítulo! Eu poderia viver do pão e da manteiga de lá para sempre, acompanhados pela água das pedras salgadas…

  15. Tenho uma história engraçada com um produto da Seforrrrá (a de Paris, bien sûr), mas ela não é narrável en public ::)) Que ótimo tê-la por aqui, já vou conhecer a do Rio Sul rapidinho, porque a Barra é outra cidade :)) beijos, vera

  16. Nessas coisas sou caretona. Gosto da Sephora na França, do Gucci em Roma, da Burberry em Londres. A idéia de tudo em todos os lugares tira a magia e a identidade desses ícones. 😉

  17. Ai Sephora (eu pronuncio como os franceses; aprendi que assim é o nome da loja)… o loja para me encher de alegrias com ‘coisas de mulherzinha’.
    E basta entrar 1 vez, uma vez apenas, para virar freguesa, tiete absoluta.
    Quanto a roupa de banho com listras, fica para a próxima encarnação, porque nessa eu vim muito, muito branquinha e sardenta.

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s