Se arrependimento matasse…

A British Heart Foundation fez uma pesquisa sobre os maiores arrependimentos das pessoas. Embora as ditas pessoas sejam inglesas, gente é gente e acho que todos nos arrependemos mais ou menos das mesmas coisas, seja na Islândia ou no Mali…

——————————————–

Regrets? Sorrowful Britons can name more than a few
Edith Piaf regretted nothing, Frank Sinatra had a few and Woody Allen regretted just about everything….
1- Not travelling more and seeing more of the world (não ter viajado mais, conhecido mais o mundo)

2 – Not keeping in touch with more friends from the past (Não ter cultivado mais velhas amizades)

3 – Taking too little exercise (Ter praticado pouco exercícios)

4 – Not saving enough money (Não ter economizado dinheiro)

5 – Taking up smoking (Ter começado a fumar)

6 – Not working harder at school (Não ter sido mais estudioso no colégio)

7 – Choice of career (Escolha da carreira)

8 – Wasting years with the wrong partner (Ter perdido tempo com parceiro inadequado)

9 – Eating unhealthily (Alimentar-se de forma pouco saudável)

10 – Not asking grandparents more about their lives before they died (Não ter conversado mais com os avós sobre suas vidas antes que eles se fossem…)

——————————————–

Eu me encaixo, muito sinceramente, nos itens 3, 4 e 8 (em relação ao meu primeiro casamento).

E vocês? Quais são os seus arrependimentos?

Anúncios

41 respostas em “Se arrependimento matasse…

  1. Me arrependo de vários desses ítens, e de mt mais. Queria recomeçar, agora é tarde.
    Bjos a todos.

  2. Analisando ítem por ítem:

    1) Adoraria ter viajado mais, mas até hoje viajei menos do que deveria e merecia.

    2) Algumas amizades eu perdi contato. Prefiro encontrar com elas pessoalmente e quem sabe adicionar no Facebook se tudo der certo.

    3) Tive uma época que eu pratiquei muito exercícios, tempos depois eu engordei, mas eu entrei na academia e emagreci. A academia, que ficava próximo da minha casa fechou e eu engordei de novo. Tempos depois eu fiz dieta e emagreci. Atualmente, não sinto culpa por ser uma pessoa que não pratica exercícios. Quando vou fazer compras perto de casa pra mim já é o suficiente.

    4) Não trabalho, não estudo e não tenho conta bancária. Próximo ítem.

    5) Felizmente nunca comecei a fumar.

    6) Adoraria ter sido mais estudioso no colégio. Mas sempre me ferrava em matemática.

    7) Escolha da carreira? Cheguei a cursar jornalismo. Foi o curso feito pra mim. Mas saí da faculdade por motivos pessoais em 2007.

    8) Posso falar de amizades? Conheci duas mulheres nos anos 2000 que se tornaram minhas amigas. Elas cursavam jornalismo na mesma faculdade que eu. Quando entrei em 2005, elas estavam no sétimo período. Faltava mais um para formar. Uma delas eu conheci primeiro e o primeiro encontro foi em um shopping center. Ela me disse que cursava jornalismo e me deu o start. Daí deu tudo certo. Cursei jornalismo mesmo. Tive alguns problemas com ela e quase a amizade acabou. A outra amiga… em 2005 cometi um erro sem intenção de errar e ela agiu de forma errada comigo. Tive que me afastar das duas. Essas duas pessoas foram as piores amizades que eu já tive.

    9) Minha alimentação é saudável Não dispenso uma fruta, uma salada, por aí vai..

    10) Gostaria de saber mais o passado dos meus avós e até do meu pai, que faleceu em 1993. Mas o meu avô paterno ele morreu antes do primeiro neto nascer. E detalhe: eu nunca vi foto dele. Nunca. Meu avô materno eu não era muito amigo dele mas gostava dele. Minhas avós morreram quando eu era criança. Nem tive uma oportunidade de conversar com elas e conversar sobre o passado delas. O meu pai? Ele não falava do passado dele. Achava que meus avós paternos tiveram 6 filhos, mas na verdade foram 8. 2 deles morreram quando crianças. Só soube disso nos anos 2000.

    • Sabe que eu me identifiquei com o ultimo item ? Meu pai, por ser mais velho, também não era muito de falar da sua vida passada….. Este post me fez lembrar disso !

  3. acho que fiz muitas das coisas “erradas” da lista, mas não me arrependo de nada. as únicas coisas de que me arrependo são não ter abraçado mais meu pai e não ter cuidado melhor dos dentes.
    []’s

  4. Me arrependo de várias coisas, mas como boa católica já as confessei e fui absolvida, para algo serve o confessionário, ajuda a seguir em frente.
    Mas de ter fumado, ainda não me arrependo, já não fumo, mas sinto uma saudade danada de pensar com fumaça, pensar a seco não é igual, faz bem a saúde mas não à criação, enfim preciso de muitos anos de análise (ou confissões) para chegar a isso, me arrepender por ter começado, enfim…
    Há que reconhecer que “Viver não é preciso”…

    • parei há seis anos, matilda, por livre e espontânea pressão da família e, como bom católico, também por causa de uma promessa. hoje tenho a mesma vontade de sempre, não a maluquice dos primeiros dias de abstinência, mas a mesma vontade, sim. sou um ex-fumante ao contrário da maioria, quando ando na rua procuro alguém fumando e, penso que discretamente, vou me acercando dele(a) para sentir o cheiro da fumaça. e, pior, não senti nenhum dos propalados benefícios que me prometeram: melhora do paladar, fôlego, etc.; só saudade…

    • Sueli, não fique mal, não, pois eu não fico. Tenho muitos arrependimentos, mas não são eles que enchem a minha vida. Tenho uma sorte danada, vivo do que trabalho, trabalho no que mais adoro, minha família é o máximo e tenho amigos que valem ouro. Nunca me arrependi de ter me tornado flautista e professora, Nunca me arrependi de ter vivido a vida que vivi, de ter as filhas lindas que tenho, de ter amado e de continuar a confiar nas pessoas, mesmo quando dá errado.

  5. Fui filho unico e meu pai era mais idoso, quando nasci ele tinha 60 anos.
    Mas quando completei 16 anos, resolvi que deveria me libertar desta chuva de preocupações e cuidados imensos e virei um “quase rebelde”.
    E nesta rebeldia, nunca tive diálogos uteis com o meu pai sobre sua via passada, e nem com minha mãe.
    Hoje em dia, me arrependo muito e muito de não ter correspondido ao carinho que eles me deram. De não ter estado do ladinho da minha mãe e nem do meu pai quando faleceram.
    Não há um só dia em que não fique triste pensando nisso.
    MInha mulher acha que eu fui um bom filho e que estas coisas acontecem.
    Mas não adianta….

  6. Me arrependo de ter perdido a paciência com meus filhos quando eles eram pequenos e ter gritado com eles… naquela época ninguém fazia terapia como hoje e isso teria me ajudado muito. Também me arrependo pela decisão que tomei há 25 anos e sofro as consequências dessa decisão até hoje, mas só Deus sabe se teria sido pior ou melhor, portanto, é melhor viver a vida da melhor maneira possível, pois não dá para voltar o que já passou…

  7. Já perdi meu precioso tempo tb com algumas pessoas…mas ao msm tempo, teve coisas boas , então fica tudo certo…gostaria de ter “aproveitado” melhor certas pessoas que já morreram…e tb gostaria de ter aproveitado bem mais o período em que minha filha era bebê… ela era tão fofinha, tão lindinha (continua assim, só que maior, né), vejo as fotos e acho que passou rápido,(bem que me avisaram), não tive outros filhos, devia ter curtido mais….

  8. Não me arrependo de nada, fiz o melhor que eu pude em cada época da minha vida, a vida tem altos e baixos, e é passando por todas as etapas que saímos fortalecidos.

  9. Nenhum arrependimento… parece mentira, mas é melhor arrepender-se do que se fez do que do que se deixou de fazer!

  10. Item 7. Me arrependi de não ter feito melhores opções onde queria trabalhar. Hoje me entristeço por ter dado ombros a tantos concursos excelentes.
    E, usando a Lista da Laura, assino embaixo dos itens 7 e 8.

  11. Me arrependo de ter engordado de novo, depois de já ter emagrecido
    Me arrependo de não ter tirado fotos suficientes de tudo, já que minha memória é uma droga
    Me arrependo das flautas que não comprei
    Me arrependo das flautas que vendi
    Me arrependo por não ter aprendido a dançar aos 20 anos
    Me arrependo pelas línguas que deixei escapar: o italiano, o húngaro, o alemão…
    Me arrependo de todas as vezes em que perdi a paciência
    Me arrependo de ter chorado, de ter sofrido por pessoas que não mereciam meu carinho e menos ainda meu sofrimento
    Me arrependo da minha distração, que já me fez perder tanta coisa
    Me arrependo de não conseguir dar mais atenção aos amigos de antigamente e aos de agora
    Me arrependo de certas compras impulsivas
    Me arrependo de não ter estudado piano
    Me arrependo de não gravar as minhas apresentações
    Me arrependo de sempre esquecer a quem emprestei CDs, livros, objetos, instrumentos
    Me arrependo todos os dias por não ter o saco de me cuidar mais… mas continuo sem saco
    Me arrependo de todas as (poucas) brigas em que me meti
    Me arrependo de muitas coisas que esqueci, e de muitas coisas que cismo de lembrar
    E tirando os itens 5 e 7, concordo com os ingleses.
    Uff!

  12. Bem, eu ia começar como La Môme ! Depois refleti, pensei – logo existo: como alguém pode atravessar uma vida sem ter nada, nada a “regretar”?
    The winners are 4 e 8 (sartei fora!) . No mais, tudo em riba…

  13. Rsrsrsrs… Eu li a manchete do GloboOnLine e voltei: eu me arrependo amargamente de haver votado, tantos anos, no PT. Até doei quadro pra Leilão na Petite, na juventude! E fui tão feliz ao primeiro comício… Aiaiai!
    Taí, me arrependo disso.
    *suspiro*

  14. Ter começado a fumar, item 5. Mas, em compensação, fico muito feliz por ter entrado no contramovimento e parado.
    Fora isso, não tenho arrependimentos: faço, ou deixo de fazer, apenas, aquilo que dou conta e me permitem, nesta vida. E neste país.
    Melhor impossível.

  15. Eu nunca gastaria meu tempo fazendo uma lista destas!!! Acho que seria a única coisa da qual eu me arrependeria! Chorar por leite derramado não serve nem como lição!

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s