Entrevista à revista Negócios da comunicação

“No mundo de Cora há lugar para tudo. No amplo e antigo apartamento onde vive, no Rio de Janeiro, os gatos se esgueiram entre os livros, os jornais, as revistas, seus objetos de deleite – dezenas de canetas, centenas de cartões, envelopes e folhas de papel feitos à mão -, o iPhone, o iPad, o laptop, o computador de mesa, câmeras digitais, músicas, filmes… Na mesa de trabalho, blocos de diversos tamanhos e estágios de uso convivem pacificamente com modem, roteador, celulares. Aos 58 anos, a jornalista Cora Rónai navega com familiaridade entre diversos mundos: da intelectualidade carioca à defesa dos animais e do meio-ambiente, mas, sobretudo, ela decifra o código geek como ninguém.”

A íntegra está AQUI.

Anúncios

11 respostas em “Entrevista à revista Negócios da comunicação

  1. Eu amo meus amigos virtuais!!!!!
    Queridas,acabei de saber que eu vou passar o revellion e o natal no Brasil!!!!!Uhuuuuu!!!!
    Tem tta gente q eu amo via net e que conheci aqui no blog,confesso ,porém que o novo sistema de coments nao aqueceu meu coracao ate´agora.O bate-papo de blogtequim prdeu um pouco do seu charme familiar inicial.Mas,vamos desbravando as fronteiras!

  2. Fiz boas amizades aqui no seu blog, Cora, e várias passaram do virtual ao pessoal. Engraçado as pessoas estranharem amizades virtuais, quando antigamente existiam penpals que se correspondiam por anos, sem nunca se falar ou ver. Tem até aquele filme 84, Charing Cross Road, com a Anne Bancroft e o Anthony Hopkins, bem em cima desse tema.

  3. Adorei a entrevista. Sem se deter em termos “técnicos”, interessante, com frases suas que parecem ditas por mim, rsrs Também acho difícil partilhar o espaço em casa com alguém, claro que com exceção da minha filhota.Tb amo gatos e artigos de papelaria (aliás, já li q a Bethânia tb adora).Não sei um terço do q vc sabe sobre internet e afins , mas , como dizia aquela antiga propaganda de cigarro -“alguma coisa a gente tem em comum”…

    • Também sou doida por elas. Por isso, quando vejo papelaria, vou para outra calçada e não olho nada. Compro tantas coisas desnecessárias…

  4. “Eu mesma tenho amigos que nunca encontrei ao vivo, e de quem gosto como se encontrasse todos os dias.”
    eu também… :¬)

    []’s

  5. Também lembrei o modo pelo qual cheguei “aqui”. Na minha angústia de encontrar a poodle de minha irmã, fiz um apelo aqui, no blog. Foi em agosto de 2004. Minha ignorância foi tanta, que a cadelinha se perdeu em Sampa, no Planalto Paulista, e, no desespero, achei que talvez alguém pudesse achá-la através deste blog. Por isso, minha cadeia de emoções se alinha entre os animais e a Cora. Atualmente, além de “espiar aqui pelo vão da porta”, tenho mais sete amiguinhos os quais contemplo com muita alegria. Aliás, contando a Pipoca, são oito!

    Foi muito bom ler a coluna do Negócios da Comunicação – leve e solto. Mas verdadeiro. Abraços.

      • Por mais cartazes que foram espalhados pela região, anúncios em jornal etc., a Guga jamais foi encontrada. Telefonemas foram inúmeros. Por causa do nome, muitos telefonavam dizendo que “o” Guga estava em… Minha irmã ficou desesperada, assim como todos nós e, por isso, foi adquirida – sim, comprada (coisa que abomino) – a Keka, que é minha fã ardorosa. Agora, estão juntas a Keka e a Kika, uma cadela da raça labrador. Quando estou lá, Keka (que é mais que míni) não sai do meu colo. Aviso a quem, por acaso, perder um animalzinho: JAMAIS coloque no cartaz que a pessoa será recompensada – dá uma dor de cabeça danada.

  6. Gostei! De certa maneira matei a saudade e vi que faz tempo que “te sigo”, pois isso aconteceu no tempo do caderno de informática do Globo. Quanto tempo…

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s