Help desk na Idade Média

Anúncios

13 respostas em “Help desk na Idade Média

  1. Tem um gatinho novo rondando a minha casa … 😉 É um tigradinho com barriga e patas brancas, deve ter uns 6 meses, mansinho – me deixa acariciar e é muito miador, sempre que quer comer mia na minha janela!

  2. sushAHUSHUahusahUSHUahusAUHSHUAhusAUHSHUahsuAHUS

    lembrei do tempo que ajudava estudantes rssss… cada pergunta bem inteligente rssss

  3. Cora, uma perguntinha nada a ver com o post porque não encontrei outro lugar para fazê-la.
    Gostaria de lhe enviar um email, na esperança de que você pudesse, quem sabe, levar o assunto ao jornal (uma questão que anda preocupando uma parcela da população, e em especial os proprietários de cães!). Mas não encontrei um endereço de email para falar com você. Como posso fazer?

    Obrigada,
    Sempre gostei muito da sua coluna! Desde criancinha meu pai me dava para ler apenas o que você escrevia, com a página já dobrada no jornal!

  4. Concordo com Sueli. Precisamos tomar cuidado com a tecnologia. Não precisamos ir tão longe. Meus sobrinhos (os 2 primeiros que tive, irmãos da sobrinha do sorvete Kibon) conheciam frango apenas no prato. Um dia, passaram por uma fazenda, viram os frangos vivos e o pai precisou explicar o que eram. Penso que eles conheciam o “objeto” apenas no prato e no papel, nunca “ao vivo”…
    Quem quiser ver o filme legendado, o atalho é este:

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s