Dez anos de internETC.

O ano de 2001 começou com uma novidade chamada blog. O formato existia desde 1999, mas só em fins de 2000 começou a se difundir, a partir do lançamento do Blogger.com, um site que permitia a qualquer um criar o que, até então, exigia bons conhecimentos de HTML, servidor próprio e determinação. O blog, inicialmente conhecido como weblog, era uma espécie de diário online, onde você comentava assuntos do seu interesse, escrevia contos e poesias e, sobretudo, contava para as outras pessoas como a vida estava te tratando. Não tinha muita utilidade, e fazia sucesso sobretudo com adolescentes. Aqui e ali, porém, a turma mais conectada começou a fazer o que, hoje, se chama “produzir conteúdo”.

Criei um blog em abril de 2001, para ver que ferramenta era aquela, mas, de início, não tinha idéia do que fazer com ela. Em agosto, finalmente, cheguei à conclusão de que usaria aquele espaço para publicar o excedente de notícias que não conseguia por no jornal; assim, no dia 26, publiquei o meu primeiro post, falando dos bastidores de um Roda-Viva com Steve Ballmer, de que havia participado em São Paulo.

Steve Ballmer já era, então, o CEO da Microsoft, e me surpreendeu agradavelmente no contraste com Bill Gates, que eu entrevistara algumas vezes ao longo do tempo. Ballmer era simpático, e vivia o auge da sua fama pop: há semanas circulava pela internet uma esquisitíssima espécie de dança tribal que ele fazia para motivar a galera da Microsoft, e que havia sido filmada num encontro com desenvolvedores. O vídeo era ridículo e, consequentemente, fazia muito sucesso.

Naquele primeiro post, que ontem fez dez anos, me dei ao trabalho de calcular, com base no seu salário conhecido, quanto valiam as duas horas que ele havia dedicado à TV Cultura: US$ 159.817,35. Lembro ainda hoje que a cifra me deixou deprimida durante um bom tempo.

Depois disso, entre fotos, links, textinhos pequenos, pensatas variadas e reprodução das crônicas e colunas que escrevo para o jornal, foram 13.917 posts – que decidi, enfim, transferir de endereço. Desde que nasceu, o blog era escrito e publicado no Blogger, que, há dez anos, era a melhor ferramenta para isso. Hoje, defasado e antigo, ele sobrevive das glórias passadas e do fato de pertencer ao Google.

No último dia 20, publiquei, enfim, o primeiro post na casa nova, cujo endereço é – anotem – cronai.wordpress.com. Nele falei do processo de transferência e comentei algumas coisas que observei no WordPress. De todas, a mais irritante é a tradução aleijada, pela metade, que traz comandos em português, mas abre janelas de diálogo em inglês. Detesto isso!

Ora, por que me dei ao trabalho da mudança se, ainda outro dia, escrevi sobre o fim dos blogs? Por um só motivo: os blogs não vão acabar amanhã, e eu já não agüentava a incompetência do Blogger em relação às fontes vindas do Word. Fiquei triste em deixar para trás o lindo template que o Mario Amaya desenhou para mim há quase dez anos – as primeiras edições do blog usavam um template básico do Blogger; fiquei feliz com o aspecto limpo e despojado do novo blog e, sobretudo, com o recurso de rodízio automático da foto do cabeçalho.

O mais importante é que o novo blog foi aprovado pela maioria dos leitores. Fiz uma enquete em que 76,44% acharam a nova versão melhor do que a antiga, 13,09% acharam pior, e 10,47% têm a impressão de que dá na mesma. No total, votaram 191 pessoas.

Ainda estou aprendendo uns truques aqui e outros ali, mas, de modo geral, estou contente com o WordPress. Recomendo a mudança a usuários do Blogger, que não perderão nem textos nem comentários feitos nas caixas do próprio Blogger, e ganharão em rapidez e flexibilidade.

Aos que ainda não têm blog mas têm vontade de ter um, recomendo na verdade o Facebook, onde cada nota é um post com direito a comentários e onde, maravilha das maravilhas, a audiência já vem prontinha.

(O Globo, Economia, 27.8.2011)

20 respostas em “Dez anos de internETC.

  1. complementando o que eu comentei no outro post, além do painel do nilton bravo, o botequim atual não tem serragem no chão e nem mesa com tampos de mármore. mas o papo continua ótimo.

    []’s

  2. Cora… mais importante que o “onde” `e o “o que” escreves… Ador te ler.
    *podes me aconselhar sobre qual o melhor antivirus para o galaxy? Acabei de ganhar um e estou totalmente perdida… rsrsrs e tbm como faco com acentua’c~ao? 😉

  3. Em sua casa-ne(s)t tive grandes momentos de felicidade, emoções, alegrias e reflexões. Considero o blog um marco importante em minha vida. Sinto não ter conseguido ir aos encontros da turma por questões alheias à minha vontade ,
    mas sei que, quando acontecer ,será muito especial .
    Parabéns, Cora . Estamos aqui…

  4. O Blog esta supimpa!!!! As fontes lindas e num tamanho perfeito para nos ceguetas…….
    Quanto ao Blog , foi atraves dele que conheci, virtualmente ou não, pessoas meravilhosas , e que fazem parte do meu dia a dia. Assim como as suas colunas, passar aqui todos os dias eh um must!!!! Vida longa para o Blog!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Corinha: este seu blogtequim é um verdadeiro oásis na Internet.

    Graças ao espírito único dos seus posts e seu generoso acolhimento, aqui se encontram as pessoas (reais e virtuais) mais especiais e queridas que conheço.

    Neste imenso Universo internético de ‘Redes Sociais’ e ‘Amigos/Seguidores’ contabilizados às centenas/milhares, dispenso todos, em troca das… duas dúzias (será que chega a isso?) dos ‘Baker Street Regulars’ que encontro aqui, que conquistaram indelével espaço no meu coração.

    Obrigado, Corinha!

    Beijos e abraços carinhosos, querid@s amig@s!

  6. Vida longa ao blogtequim, agora em novas instalações!
    Após estes dez anos de convivência, da mesma forma que muitos outros, só tenho a agradecer.
    Frequentando este blogtequim conheci muita gente. Com o passar do tempo, como em qualquer lugar, apuraram-se as afinidades e trouxe para a vida real pessoas especiais que se tornaram verdadeiras amigas.
    Com algumas delas, devido a distâncias geográficas, como a moni kr por exemplo, só tive contato pessoal uma única vez, o suficiente para me encantar com ela e seu filho, um menino muito especial. Com outros frequentadores (não tão distantes fisicamente) o contato, embora eventual, na medida do possível é constante.
    Há algum tempo, em uma brincadeira de final de ano, me perguntaram o que de melhor havia me acontecido naquele ano que terminava. Nem precisei pensar, a resposta foi imediata: “a melhor coisa que me aconteceu foi conhecer a turma do blogtequim”. Devo meu primeiro contato, no mundo real, à Heliana e sou-lhe muito grata por isto.
    Hoje posso dizer que, sem sombra de dúvida, uma boa parte das minhas amizades nasceu e cresceu aqui, ao redor desta mesa. Não vou citar nominalmente estas pessoas para não correr o risco de esquecer alguma.
    Sentada à cabeceira, a proprietária deixa todos à vontade. Aproveito a data festiva para reafirmar minha admiração pelo seu trabalho, profissional e “social”.
    Obrigada pelos seus escritos, por muitas vezes ser porta-voz de nossos anseios e queixas.
    Obrigada por manter um ambiente agradável, onde podemos conversar, desabafar, ajudar e sermos ajudados.
    Obrigada por nos permitir conhecer Dona Nora, Laura, Paulinho, Kelyndra, Bia, Sergio e todas as crianças.
    Obrigada por dividir conosco seus amigos, seus gatos e sua paixão por eles.
    Obrigada pelas amizades que aqui fiz.
    Muito obrigada, Corinha!

    • ai,amiga,eu tô tao emocionada aqui do lado de ca´…..suas palavras,minhas palavras.
      Algo muito especial aconteceu nas nossas vidas,tem valor de eternidade e eu sei que criamos algo no universo.Sou grata a Deus pela Sua grandíssima sacada ao trazer para a minha vida as vossas vidas e por ter nascido numa época em que a net existe.Tantos bilhoes de anos anteriores,tts lugares para eu nascer…uhuuuuuuuuu,como eu sou uma felizarda e sortuda!!!!!

  7. Conheci o blog quando você foi no Jô, na época eu era técnico em uma faculdade e passava as tardes lendo as crônicas e admirando as fotos postadas, até que meu chefe pediu pra mim bloquear o blogger e acabar com minha alegria, hoje de posse de um smartphone e sendo analista de testes venho aqui quando posso pra acompanhar as peripécias. O que quero dizer com tudo isso é que leio seu blog desde meu primeiro emprego e sempre achei o blog mais arrojado que conheci…

    O template era tão impecável que nem parecia um blog, as vezes eu ficava colocando o mouse em cima do InternETC pra ver a palavra se formar no meio dois quadradinhos rsssssss… Tudo foi muito criativo, o nome, o template, o conteúdo. Parabéns a todos os envolvidos.

    *****

    então comecei a usar o getglue aleatoriamente sem muitas pretensões até que um amigo postou no twitter que tinha solicitado seus stickers do getglue… E ele postou a foto deles: http://touch.lockerz.com/s/133034780

    getglue é um app que vi apenas no android. é meio que uma rede social, mas não uso como tal. Você dá check-ins em coisas que você esta fazendo, tipo lendo um livro, ouvindo música, assistindo filmes ou séries, e ele vai te dando adesivos, com 20 stickers você pode solicita-los for free, foi o que fiz ontem…provavelmente demore anos pra vir, no começo você ganha bastante sticker de desenhos do próprio getglue mas nas premier você ganha stickers específicos

    Ontem fiz uns check-ins apenas para completar os 20 pra testar o envio… Agora com as premier que estão por vir de muitas das séries que assisto vou ter n stickers… Ainda não sei onde vou colar, mas isso devido quando chegar rsss

    *****

    Se juntar um celular com android + uma lente fisheye + app remote desktop = câmera indiscreta muahahahaha

    *****

    Bjao, espero poder acompanhar o blog por anos e anos =D

  8. Com certeza o blog agora carrega na mesma hora, o que não acontecia com o outro. no fundo e no raso, o que vale mesmo é o que você escreve ou fotografa e as amizades que fiz por aqui. Mesmo as que continuam virtuais, como a querida e sumida Renata VN, pra mim só Renatinha, são uma parte bacana da minha vida. Seja lá onde você escreva, vou atrás. beijos, querida.

    • Um carinho pra você também, Marisinha , e pra Cora e amig@s querid@s daqui . O sumiço é pq ando meio sem palavras/inspiração, numa fase de saúde fragilizada e diagnósticos inconclusivos…

  9. Interessante o final de sua crônica. Ontem, no almoço, uma jornalista aqui de Friburgo me disse que prefere postar nas notas do Facebook do que começar um blog. E eu mesmo tenho colocado mais fotos por lá do que no Flickr… Sei não, acho que estamos testemunhando outra mudança “histórica”! 🙂

  10. A mudanca do blog faz parte para mim,daquelas circunstâncias na vida onde nao temos absolutamente controle sobre o que acontece ou nao.Nos resta sobreviver da melhor forma possível.Me senti um pouco como num casamento onde de repente o parceiro diz que nao da´mais e vai embora.Fiquei procurando um soundtrack naquela semana para me apoiar,para sustentar minhas emocoes.Sendo minha participacao quase NADA,e mesmo assim essa mudanca causou inseguranca,suor nas maos e uma tristeza incômoda,imagino o que vc ,Corinha, nao deve ter sentido.Eu me sinto atualmente como numa terapia desse “casamento”.Isso mesmo,essa foi a melhor analogia que encontrei pra falar como me sinto.O melhor coment de todos que eu li ate´agora foi o da minha Moxara´-Mônica L. :” mesmo que a Cora escrevesse num muro,ela teria um giz para comentar o lido”…e´assim mesmo,desse jeito e eu tb tenho um giz na mao prevenida para todo tipo de eventualidades.
    Pensando bem,toda essa dificuldade que eu tive agora para escrever o coment se resumiria apenas num “Cora,eu amo vc,muito obrigada pela permanência e o endereco novo.”.
    🙂

  11. Também quero agradecer a oportunidade que tive de te conhecer e às amizades que fiz através do blog.Sem contar que graças a essas amizades pude adotar meu ” neto” mais novo que é a alegria da casa.
    Lembro bem do nosso primeiro encontro no Palaphita , acho que foi em 2002 ou 2003.
    Vida longa ao nosso querido blogtequim !

  12. Digo aqui!
    Parabéns, Cora!
    Fico feliz por ter acompanhado quase que desde o começo!
    E muito feliz também pelos amigos que fiz nesse espaço!
    Agora volto pra tua recomendação!

    Bom dia!

Diga lá!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s